SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue49Psychoanalysis and art: the triumph of the realSexuality and the ideal of femininity: contributions to the debate author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos de Psicanálise

Print version ISSN 0100-3437

Abstract

COSSI, Rafael Kalaf. Stoller e a psicanálise: da identidade de gênero ao semblante lacaniano. Estud. psicanal. [online]. 2018, n.49, pp. 31-43. ISSN 0100-3437.

Neste texto, incialmente examinamos a obra de Robert Stoller, notadamente em seu percurso pela psicanálise. Detectamos que, ao longo de seu trabalho, Stoller tratou das diferentes manifestações da sexualidade até aos estudos antropológicos. Pioneiro do uso do termo “gender” no contexto psicanalítico, Stoller propôs várias modificações à teoria do Édipo freudiana. Suas teses foram largamente disseminadas em solo anglo-saxão e exerceram influência decisiva em expoentes da psicanálise inglesa. Mais conhecido no Brasil por sua pesquisa a respeito da transexualidade, verificamos que sua insistente intenção era engendrar o que denominou como “núcleo de identidade de gênero”, e que foi alvo de crítica de Lacan no Seminário 18. A proposição stolleriana foi o ponto de partida para o desenvolvimento lacaniano da noção de semblante e acompanhamos que, se uma modalidade de relação pode ser inferida a partir dela, posteriormente Lacan vai se dedicar à formalização da não relação sexual.

Keywords : Stoller; Psicanálise; Identidade de gênero; Semblante; Não relação; Non relation.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License