SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue93Social skills in children claimed with hyperactivity and listlessnessAwareness: possibility of prevent difficulties in the construction of topological space in students from child education author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Psicopedagogia

Print version ISSN 0103-8486

Abstract

STENICO, Mariana Banzato  and  CAPELLINI, Simone Aparecida. Habilidades perceptivas visuais e qualidade de escrita de escolares com dislexia. Rev. psicopedag. [online]. 2013, vol.30, n.93, pp. 169-176. ISSN 0103-8486.

OBJETIVOS: Os objetivos deste estudo foram caracterizar e comparar o desempenho perceptivo visual e qualidade de escrita de escolares com dislexia e com bom desempenho acadêmico, e relacionar as habilidades percepto-viso-motoras e a qualidade de escrita de escolares com dislexia e com bom desempenho acadêmico. MÉTODO: Participaram deste estudo 40 escolares, sendo 35 do gênero masculino e 5 do gênero feminino, na faixa etária de 8 a 11 anos e 11 meses, que frequentam do 3º ao 5º ano de escolas públicas municipais de Marília-SP, divididos em dois grupos: grupo I (GI), composto por 20 escolares com o diagnóstico interdisciplinar de dislexia, e grupo II (GII), composto por 20 escolares com bom desempenho escolar. Como procedimento, foram utilizados o Teste de Habilidades Perceptuais Visuais - TVPS-3 e a Escala de Disgrafia. RESULTADOS: Os resultados deste estudo revelaram que os escolares com dislexia apresentaram dificuldades nas habilidades visuais referentes à discriminação e à memória. Além das habilidades de discriminação e memória, também foi evidenciado desempenho inferior nas habilidades de relação viso-espacial e constância de forma, e desempenho inferior de todas as habilidades visuais em comparação à idade cronológica. Entretanto, o grupo de escolares com bom desempenho acadêmico também apresentou desempenho inferior nas habilidades de relação viso-espacial e constância de forma. CONCLUSÕES: O estudo aponta para o fato de que, talvez faltem investimentos da escola em atividades que envolvam experiências visuais e viso-motoras, que propiciem o desenvolvimento das habilidades visuais necessárias para o desenvolvimento da leitura e da escrita. Mesmo sem a ocorrência de diferença estatisticamente significante entre os grupos deste estudo para a disgrafia, é possível observarmos que um maior número de escolares disléxicos apresentou presença de disgrafia.

Keywords : Escrita manual; Dislexia; Disgrafia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )