SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Intersubjectivity: theoretical approaches and implications for early child developmentParental educational practices, child gender and birth order: an update author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of Human Growth and Development

Print version ISSN 0104-1282On-line version ISSN 2175-3598

Abstract

HANSEN, Janete et al. O brincar e suas implicações para o desenvolvimento infantil a partir da Psicologia Evolucionista. Rev. bras. crescimento desenvolv. hum. [online]. 2007, vol.17, n.2, pp. 133-143. ISSN 0104-1282.

A brincadeira é uma atividade presente na vida de crianças em diversas culturas, possuindo papel importante no desenvolvimento das mesmas. Apesar disso, tal importância nem sempre é reconhecida pelos adultos, os quais priorizam na educação das crianças aspectos cognitivos formais e apresentam uma dificuldade em visualizar a relação existente entre brincadeira e desenvolvimento. A psicologia evolucionista tem voltado seu olhar para o brincar por este caracterizar-se como adaptado e adaptativo da espécie, contendo aspectos filogenéticos e ontogenéticos. Tal abordagem busca estudar as possíveis relações entre cultura e filogênese no desenvolvimento deste comportamento. Dessa forma o objetivo deste trabalho foi apresentar o brincar a partir do referencial teórico da psicologia evolucionista, bem como seu conceito e suas características. Além disso, são apresentadas as relações entre o brincar, os tipos de brincadeira e as diferenças de gênero. A brinquedoteca é apresentada como um possível espaço no qual esse comportamento pode ser estimulado e valorizado.

Keywords : Brincar; Psicologia Evolucionista; Diferenças de Gênero.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License