SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Acidente e lesão vascular com arraia no Alto Juruá, Acre, Brasil: um relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Journal of Human Growth and Development

versão impressa ISSN 0104-1282versão On-line ISSN 2175-3598

Resumo

CAMARGO, Luís Marcelo Aranha; SILVA, Romeu Paulo Martins  e  MENEGUETTI, Dionatas Ulises de Oliveira. Tópicos de metodologia de pesquisa: Estudos de coorte ou cohorte prospectivo e retrospectivo. J. Hum. Growth Dev. [online]. 2019, vol.29, n.3, pp. 433-436. ISSN 0104-1282.  http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.v29.9543.

Na área de ciências da saúde, o método epidemiológico, pode ser dividido em epidemiologia descritiva e a analítica, essa última se divide em observacional (estudo de corte transversal, estudo caso-controle e estudo de coorte/cohorte) e experimentais. Os estudos de coorte ou cohorte, podem ser retrospectivos ou prospectivos, e ambos partem do pressuposto que o pesquisador irá acompanhar uma população ao longo do tempo para buscar possível associação entre exposição e desfecho. Esses tipos de estudos apresentam como vantagens a possibilidade de se mensurar vários fatores de exposição e desfechos, tanto primários como secundários, aplicam-se tanto para desfechos relativamente frequentes e fatores de exposição raros. Porém, muitas vezes são estudos prolongados e, portanto, caros. Têm como principais viéses os de seleção, memória e informação. São estudos que podem apontar para associações estatísticas entre exposição e desfecho que necessitam de outros modelos para se comprovar há casualidade destas associações.

Palavras-chave : coorte [cohorte]; estudo longitudinais; follow-up.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License