SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue1Young students from the urban periphery of Garanhuns/PE: discourses related to sexualityModulations between Psychology, public health and rural contexts author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos de Psicologia (Natal)

Print version ISSN 1413-294XOn-line version ISSN 1678-4669

Abstract

FIOROTT, Juliana Gomes et al. Representações sociais da devolução na adoção: tensionamentos e estratégias possíveis1. Estud. psicol. (Natal) [online]. 2021, vol.26, n.1, pp. 68-81. ISSN 1413-294X.  http://dx.doi.org/10.22491/1678-4669.20210008.

A concepção da adoção vem se transformando ao longo dos tempos. Apesar de ser uma medida irrevogável, a devolução de crianças e/ou adolescentes na adoção é recorrente. A devolução é o ato de desistência da adoção feito por parte dos adotantes, no qual as crianças ou adolescentes sofrem um novo rompimento de vínculos e retornam às instituições de acolhimento. A presente pesquisa teve o objetivo de compreender as representações sociais sobre a devolução de crianças e adolescentes na adoção para profissionais do Poder Judiciário e do Acolhimento Institucional. Realizou-se um estudo qualitativo que consistiu em entrevistas em profundidade com 30 profissionais. A análise de dados foi realizada com o auxílio do programa informático IRaMuTeQ. Como resultados, foram identificadas as dimensões constituintes das representações sociais da devolução na adoção e peculiaridades nos enunciados de profissionais no Acolhimento Institucional quando comparados aos profissionais do Poder Judiciário.

Keywords : devolução; adoção; representação social; poder judiciário; abrigo.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License