SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue97Social representations about organ donationPalliative care in primary health care: the perspective of health professionals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Boletim - Academia Paulista de Psicologia

Print version ISSN 1415-711X

Abstract

COCCO, Maria Regina  and  TOSTA, Rosa Maria. Algumas ideias de Winnicott sobre o trauma e suas manifestações na clínica. Bol. - Acad. Paul. Psicol. [online]. 2019, vol.39, n.97, pp. 217-224. ISSN 1415-711X.

A proposta é refletir sobre a contribuição winnicottiana acerca do chamado trauma sutil decorrente de falhas inevitáveis do analista e do manejo clínico das reações defensivas manifestadas na clínica de pacientes, cujas dificuldades são oriundas de fases iniciais do amadurecimento. O trauma sutil apresenta-se como uma nova versão do trauma original e a reação a ele vem acompanhada de uma organização defensiva primitiva, constituída quando da ocorrência do trauma original. Em alguns casos de revivência analítica do trauma através do mecanismo de delírio paranoide, o ódio aparece, não como ódio dirigido ao objeto e, sim, como o indivíduo sendo odiado pelo objeto. Em outros casos, a reação ao trauma sutil pode ocorrer pelo mecanismo de clivagem do eu/aniquilamento expresso nas vivências do setting analítico e ou no conteúdo manifesto do sonho regressivo. O manejo das manifestações clínicas de reação ao trauma sutil apoia-se na confiabilidade da ambiência analítica, na sustentação da regressão à dependência e na ligação psíquica das vivências traumatizantes.

Keywords : trauma sutil; sonho regressivo; delírio paranoide; manejo clínico; D.W. Winnicott.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License