SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue1Family secret and artistic-expressive resources in family psychotherapy: a theoretical-clinical study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: teoria e prática

Print version ISSN 1516-3687

Abstract

FONSECA, Gabriella M. et al. Ansiedade e depressão em familiares de pessoas internadas em terapia intensiva. Psicol. teor. prat. [online]. 2019, vol.21, n.1, pp. 328-343. ISSN 1516-3687.  http://dx.doi.org/10.5935/1980-6906/psicologia.v21n1p328-343.

Estudo transversal que objetivou analisar a prevalência de ansiedade e depressão em familiares de pessoas internadas em unidade de terapia intensiva, bem como os fatores associados. Participaram 135 familiares de pessoas adultas, hospitalizadas no interior da Bahia. Foram aplicadas as fichas de dados sociodemográficos e a Escala de Hospitalar de Ansiedade e Depressão. Dos familiares participantes, 39,3% apresentaram sintomas de ansiedade e 28,9%, sintomas de depressão. Segundo o modelo de regressão logística, ser familiar com idade inferior a 40 anos (OR 2,20, IC 1,049-4,6540, p = 0,037) e morar com o parente internado (OR 2,37, IC 1,121-5,024, p = 0,024) pode ser associado à presença de sintomas de ansiedade. Quanto à depressão, a prevalência está associada ao grau de parentesco (OR 2,52, IC 1,096-5,814, p = 0,003). Os resultados reforçam as evidências de associação entre o processo de hospitalização e o estado de saúde mental da família.

Keywords : ansiedade; depressão; família; terapia intensiva; hospitalização.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License