SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número2Narrativas maternas: um estudo transcultural com mulheres brasileiras e francesasO autômato: entre o corpo máquina e o corpo próprio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Natureza humana

versão impressa ISSN 1517-2430

Resumo

NAFFAH, Alfredo. A "carne" (chair) como referência ontológica da "mãe suficientemente boa": aproximando Merleau-Ponty e Winnicott. Nat. hum. [online]. 2015, vol.17, n.2, pp. 61-74. ISSN 1517-2430.

O artigo pretende desenvolver o argumento de que a noção de carne (chair, em francês) - que constitui o conceito mor da ontologia selvagem de Maurice Merleau-Ponty - pode funcionar como uma referência ontológica para a noção winnicottiana de mãe suficientemente boa. Para tanto, numa primeira parte descreve-se a noção de carne; em seguida, a noção de mãe suficientemente boa para, por fim, articular os dois níveis de teorização: o ontológico e o ôntico, numa relação em que um nível referenda o outro, discriminando, nesse mesmo processo, o espelho materno winnicottiano do lacaniano (já que este último implica, necessariamente, uma alienação do bebê no desejo da mãe).

Palavras-chave : ontologia selvagem; carne; mãe suficientemente boa; referência ontológica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License