SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Evidencias de validez de criterio para pruebas de atención en la evaluación psicológica en el contexto del tránsito índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Avaliação Psicológica

versión impresa ISSN 1677-0471versión On-line ISSN 2175-3431

Resumen

CASTRO, Angélica Maria Ferreira de Melo; BUENO, José Maurício Haas; RICARTE, Mirela Dantas  y  ALBUQUERQUE, Emily Souza Gaião e. Validade discriminante entre regulação emocional e resiliência. Aval. psicol. [online]. 2017, vol.16, n.2, pp. 241-248. ISSN 1677-0471.  http://dx.doi.org/10.15689/AP.2017.1602.15.

Resiliência e regulação de emoções (RE) são construtos psicológicos cujas operacionalizações nunca foram investigadas quanto à independência mútua. Por isso, objetivou-se buscar evidências de validade discriminante entre medidas de resiliência e de RE. Para isso, foram aplicadas versões online do Inventário de Competências Emocionais (ICE-R) e da Escala de Resiliência para Adultos (RSA) em 169 participantes com média de idade de 29,8 anos, sendo 65,7% do sexo feminino. Resultados de análise fatorial exploratória revelaram que os fatores primários de resiliência e RE tendem a se agrupar em fatores distintos de segunda ordem. Ainda que a "percepção de si" tenha apresentado carga nos dois fatores de segunda ordem, tais resultados sugerem que as medidas são predominantemente independentes entre si.

Palabras clave : regulação emocional; resiliência; validade discriminante.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License