SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número1Reflexos da lógica organizacional na identidade profissional: variações do discurso autobiográficoCarreira Esportiva: O Esporte de Alto Rendimento como Trabalho, Profissão e Carreira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Orientação Profissional

versão On-line ISSN 1984-7270

Resumo

TEIXEIRA, Maria Odília  e  COSTA, Cátia João. Carreira e bem-estar subjetivo no ensino superior: Determinantes pessoais e situacionais. Rev. bras. orientac. prof [online]. 2017, vol.18, n.1, pp. 19-29. ISSN 1984-7270.  http://dx.doi.org/10.26707/1984-7270/2017v18n1p19.

No modelo de Bem-Estar de Lent e Brown de 2006, é analisada a relação entre bem-estar subjectivo e carreira, considerando variáveis pessoais, educacionais e contextuais. Os participantes são 255 estudantes de Psicologia (52%) e Saúde (48%) (média etária 20,40; 86% mulheres) que responderam às Escalas Satisfação na Carreira, Autoeficácia Geral, Desenvolvimento e Bem-Estar, Exigência e Responsividade Parental, Big Five-10 e Adaptação ao Ensino Superior. Os resultados da regressão múltipla linear mostram como preditores de bem-estar: satisfação na carreira, percepção dos factores pessoais de ajustamento ao curso, autoeficácia, percepção de responsividade materna, extroversão e amabilidade. Esta pesquisa identifica dimensões contributivas do bem-estar dos estudantes, que são significativas na intervenção, e esclarece o significado da carreira no âmbito da Psicologia Positiva.

Palavras-chave : psicologia positiva; autoeficácia; personalidade; estilos parentais; ajustamento ao curso.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License