SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Reflexões fenomenológicas sobre a experiência de estágio e supervisão clínica em um serviço de psicologia aplicada universitárioViolência doméstica praticada por homens detidos na Delegacia da Mulher de Belém índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Abordagem Gestáltica

versão impressa ISSN 1809-6867

Resumo

FREITAS, Joanneliese de Lucas; STROIEK, Nutty Nadir  e  BOTIN, Débora. Gestalt-terapia e o diálogo psicológico no hospital: uma reflexão. Rev. abordagem gestalt. [online]. 2010, vol.16, n.2, pp. 141-147. ISSN 1809-6867.

O objetivo do presente artigo é apresentar uma reflexão sobre a psicologia da saúde e hospitalar tendo como referencial teórico a Gestalt-terapia. Entende-se o diálogo psicológico (Eu-Tu/Eu-Isso) como suporte para uma prática hospitalar humanizada e como elemento ontológico do contato. Esta proposta contrapõe-se ao modelo biomédico vigente no qual a lógica do pensar científico regula as vivências humanas, decompõe e fragmenta o homem enfraquecendo-o enquanto Ser. A relevância deste tema se apresenta por ser a Gestalt-terapia, assim como a psicologia da saúde e hospitalar, áreas de conhecimento recentes e em crescente desenvolvimento na atualidade. Destaca-se o diálogo como elemento fundamental da atuação do psicólogo nesse campo. Defende-se que o papel do psicólogo hospitalar deve se desenvolver alicerçado no diálogo, destacando-se as atitudes de Inclusão e Presença bem como atenção à dimensão da corporeidade.

Palavras-chave : Psicologia hospitalar; Diálogo; Inclusão; Presença; Corporeidade.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License