SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3Fundamento y aplicabilidad de los Tests de Juicio Situacional en el contexto de la Psicología OrganizacionalDel empleo al post-empleo: o de la plasticidad de la psicología en la producción de la subjetividad laboral índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Psicologia Organizações e Trabalho

versión On-line ISSN 1984-6657

Resumen

MACIEL, Regina Heloisa et al. Análise do trabalho portuário: transformações decorrentes da modernização dos portos. Rev. Psicol., Organ. Trab. [online]. 2015, vol.15, n.3, pp. 309-321. ISSN 1984-6657.  http://dx.doi.org/10.17652/rpot/2015.3.605.

O objetivo deste trabalho foi investigar as percepções dos trabalhadores de dois portos, um público e um privado, de um mesmo estado brasileiro, sobre suas condições de trabalho. O método consistiu em grupos focais com apresentação de trechos de filmagens dos locais de trabalho, utilizando o quadro teórico da ergonomia. Os áudios foram transcritos e submetidos à análise de conteúdo. Observou-se que mudanças na gestão e organização, decorrentes da flexibilização das relações de trabalho e aumento do controle, e pressão por produtividade são aspectos relevantes das mudanças, mais evidentes no porto privado do que no público. O trabalho portuário é considerado predominantemente físico, mas a atividade possui complexidades que requerem do trabalhador competências para solucionar as dificuldades vivenciadas no confronto entre o trabalho real e o prescrito. A lógica tecnicista, trazida pelo processo de modernização, pode ter levado a prejuízos à saúde dos trabalhadores e a acidentes.

Palabras clave : Trabalhadores portuários; ergonomia; modernização portuária; saúde do trabalhador.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License