SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número4Creatividad, innovación y características de la tarea de junior empresas: estudios de casos múltiplesPercepción de desempeño de personas con discapacidad y diseño del trabajo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Psicologia Organizações e Trabalho

versión On-line ISSN 1984-6657

Resumen

ABBAD, Gardênia da Silva et al. Percepções de teletrabalhadores e trabalhadores presenciais sobre desenho do trabalho. Rev. Psicol., Organ. Trab. [online]. 2019, vol.19, n.4, pp. 772-780. ISSN 1984-6657.  http://dx.doi.org/10.17652/rpot/2019.4.17501.

Apesar da crescente adoção do teletrabalho no Brasil, há poucas publicações nacionais acerca dessa modalidade. Esta pesquisa tem como objetivos comparar as opiniões de 270 teletrabalhadores e 266 trabalhadores presenciais em relação ao desenho do trabalho, de acordo com a teoria de Morgeson e Humphrey (2006), e analisar a influência exercida por variáveis sociodemográficas e funcionais sobre características da tarefa e do conhecimento. Os dados foram submetidos a análises fatoriais, testes t e regressões múltiplas. Os principais resultados deste estudo mostraram que as percepções de teletrabalhadores e trabalhadores presenciais diferem em sete das dez características estudadas. Teletrabalhadores perceberam menor autonomia de decisão, variedade, significado, identificação da tarefa, complexidade, solução de problemas e especialização do que os trabalhadores presenciais. São necessários estudos que investiguem antecedentes da escolha da modalidade de trabalho pelo trabalhador e consequências do teletrabalho na motivação, no comprometimento, na saúde, na produtividade e nas interfaces entre o trabalho e a família.

Palabras clave : Desenho do trabalho; Teletrabalho; Organização pública.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License