SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número4Actividad cerebral medida con Resonancia Magnética Funcional durante la prueba de fluidez de accionesCaracterísticas de la evocación lexical libre en una población mexicana adulta índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Neuropsicologia Latinoamericana

versión On-line ISSN 2075-9479

Resumen

TABERNERO, María Eugenia  y  POLITIS, Daniel G.. Reconhecimento facial das emoções básicas e prosódia emocional em Demência Fronto-temporal da variante frontal. Neuropsicologia Latinoamericana [online]. 2012, vol.4, n.4, pp. 36-41. ISSN 2075-9479.  http://dx.doi.org/10.5579/rnl.2012.0127.

As emoções básicas são estados emocionais determinados biologicamente, cuja expressão é universal e inata. Existem duas formas e avaliar o reconhecimento emocional: no rosto e na voz (prosódia). A prosódia emocional refere-se à transmissão através da entonação melódica da linguagem, dos estados emocionais do indivíduo. O objetivo do trabalho é avaliar a presença de alterações no reconhecimento facial das emoções básicas (RFEB) e a prosódia emocional na variante frontal da Demência Fronto-temporal (DFTvf). Avaliou-se uma amostra de 14 pacientes do Laboratório de Deterioração Cognitiva do HIGA Eva Perón com diagnóstico de DFTvf. Foram utilizadas 60 fotografias do set Pictures of Facial Afecct e, se administrou uma bateria para o RFEB composta por três tarefas: seleção, pareamento e denominação. Para avaliar da prosódia emocional utilizaram três subtestes do Protocolo para avaliação da Comunicação de Montreal (MAC). Encontram diferenças significativas para o RFEB entre controles e pacientes: seleção (F= 12,287; p= 0,002), pareamento (F= 11,492; p=0,002), denominação (F= 13.721; p= 0.001) e total de emoções (F= 17.339; p=0.000). Em 71% dos pacientes mostraram alterações no RFEB. A prova de compreensão de prosódia emocional do Protocolo MAC mostrou correlações significativas com as provas de reconhecimento facial de emoções básicas: seleção (r de Pearson 0,669, p. 0,012), pareamento (r de Pearson 0,554, p 0,05) e total de emoções (r de Pearson 0,632, p 0,020). Estes achados permitiram concluir que a alteração do reconhecimento de emoções básicas em DFTvf é amodal.

Palabras clave : Emoções básicas; Prosódia emocional; DFTvf.

        · resumen en Español | Francés | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License