ISSN 1983-8220 versão eletrônica

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 


07/06/2021

Diretrizes para Autores

Ao submeter um trabalho para Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia é necessário que o texto siga as diretrizes indicadas nos itens de A até M, a seguir. A publicação é quadrimestral e, em virtude do grande número de artigos recebidos para avaliação, o tempo entre a submissão e a publicação do artigo tem sido superior a 02 (dois) anos. Gerais não acolhe, atualmente, propostas de dossiês temáticos ou números especiais, nem artigos escritos em outras línguas que não a portuguesa. A revista adota a licença Creative Commons modalidade Atribuição 3.0 Não Adaptada (CC BY 3.0), autorizando e incentivando o compartilhamento do trabalho publicado com reconhecimento da autoria e publicação inicial neste periódico.

É necessário que ao menos um dos autores possua o título de Doutor(a), indicando esta titulação na "Carta de Submissão".

Autores com título de Doutor(a) se comprometem a realizar um parecer para o periódico ao longo do período de avaliação de seu artigo.

A. O artigo deve estar de acordo com o escopo da revista, isto é, difundir avanços em Psicologia. São considerados artigos: Relatos de pesquisa, Ensaios, Revisões de literatura e Relatos de Experiência.

B. Os autores devem incluir no sistema os seguintes documentos: (a) uma carta de submissão conforme modelo do periódico; (b) o texto do artigo conforme template; (c) o check list preenchido e assinado pelo autor responsável pela submissão correspondente ao tipo de estudo desenvolvido (Relatos de Pesquisa com metodologias quantitativas e qualitativas; Ensaios; Revisões de Literatura; e Relatos de Experiência).

C. A carta de submissão um documento cujo modelo é disponibilizado pelo periódico na qual os autores informam seu número ORCID, afirmam acerca da originalidade do manuscrito, da conformidade com os princípios éticos vigentes da pesquisa com seres humanos e/ou animais, com as políticas de acesso livre e direitos autorais da revista, e sugerem possíveis revisores para o artigo submetido. Um modelo pode ser baixado no seguinte link: Modelo de Carta de Submissão Ressaltamos que, após a submissão ter sido realizada, não são permitidas modificações nos dados de autoria, como a remoção ou inclusão de co-autores, sendo, então, observada, na publicação do artigo, a sequência de autores constante na carta de submissão. Submissões efetuadas sem a carta assinada pelos autores e corretamente preenchida serão automaticamente rejeitadas.

D. O texto do artigo deve ser submetido utilizando-se obrigatoriamente o template fornecido pelo periódico nos formatos .doc, .docx, .odt ou .rtf e sem identificação de autoria. Submissões efetuadas fora dos formatos indicados serão automaticamente rejeitadas. Orientações para excluir a identificação da autoria encontram-se disponíveis no seguinte link: Orientações para excluir autoria de arquivo

E. A formatação do corpo do texto, das figuras, das tabelas e da lista de referências deve seguir estritamente as recomendações da 6ª edição do “Manual de Publicação da American Psychological Association - APA”. A APA mantém um site com recursos de apoio visando à normalização de artigos a serem submetidos a periódicos especializados: https://apastyle.apa.org/6th-edition-resources

F. O texto do artigo deve estar em arquivo único e conter os seguintes elementos: (a) folha de rosto com título do trabalho em português e inglês (máximo de 15 palavras), sem identificação dos autores, resumos em português e inglês; (c) corpo do texto incluindo tabelas e figuras; (d) referências.

G. O resumo deve ser elaborado em Fonte Garamond tamanho 10, espaçamento simples, conter, no máximo, 200 palavras, e abarcar introdução, objetivo, método, resultados e conclusão/considerações finais. A seguir, devem ser indicadas de três a cinco palavras-chaves referentes ao trabalho apresentado. A versão traduzida em inglês (abstract e keywords) deve ser fiel à original, inclusive com relação às palavras-chaves utilizadas e número máximo de palavras. A fidelidade à versão original, porém, deve assegurar a devida adaptação às expressões e conceitos da área de psicologia. A garantia da qualidade do abstract e das keywords é de responsabilidade dos autores.

H. A formatação do texto deve seguir as seguintes diretrizes presentes no template: número máximo de 25 páginas, incluindo-se folha de rosto com resumos, corpo de texto incluindo tabelas e figuras, referências,; configuração de página A4; margens de 2,5 cm em todos os lados; fonte do corpo do texto Lucida Sans/Lucida Sans Unicode 10; parágrafo com recuo de meia polegada (1,25 cm); alinhamento justificado; espaçamento 1,5  (inclusive nas tabelas) exceto no resumo e referências (espaçamento simples); e paginação na parte inferior direita, desde a folha de rosto. Os títulos devem vir em negrito, com formatação específica para cada nível de título, conforme as normas da APA 6ª edição e template. Palavras ou expressões a serem destacadas no corpo de texto devem vir entre aspas simples, com o itálico reservado às palavras em língua estrangeira. Notas devem ser incluídas como notas de fim (e não como notas de rodapé) e devem ser evitadas ao máximo.

I. A numeração de Figuras e Tabelas deve ser sequencial, com numerais arábicos que respeitem a ordem de sua apresentação no manuscrito. Os autores devem inserir a figura/tabela no local exato do texto.

J. As figuras devem ser nítidas, com a dimensão máxima de uma página. Cada figura deve conter legenda e numeração.

K. As tabelas devem seguir a mesma formatação do texto do corpo do artigo: espaçamento 1,5, Lucida Sans 10. A dimensão máxima de cada tabela é de uma página, devendo conter necessariamente legenda e numeração conforme as normas da APA.

L. O número máximo de figuras/tabela é cinco (5)

M. O check list correspondente ao tipo de artigo deve ser devidamente preenchido pelos autores e assinado pelo autor responsável pela submissão. Os check list estão disponíveis aqui: Relatos de Pesquisa com metodologias quantitativas e qualitativas; Ensaios; Revisões de Literatura; e Relatos de Experiência.

É imprescindível que:

  • O autor responsável somente inicie a submissão do artigo após certificar-se que todos os documentos obrigatórios (uma carta de submissão conforme modelo do periódico; o texto do artigo conforme template e o check list)  atendem às solicitações e estão disponíveis para serem anexados.

  • Certifique-se que o autor responsável pela submissão está cadastrado como AUTOR em seu perfil na Revista Gerais. Caso não esteja, entre com seu login e senha e altere seu perfil, incluindo “Autor”.

  • Verifique se os metadados de cada um dos autores estão completamente preenchidos, incluindo a minibiografia de trabalho dos autores e sua filiação institucional, antes de concluir a submissão. Após submissão nenhum autor poderá ser incluído e a ordem dos autores não poderá ser alterada.

 

Itens de Verificação para Submissão

Como parte do processo de submissão, autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão com todos os itens listados a seguir. Serão recusadas as submissões em desacordo com as normas.

  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • O texto foi produzido utilizando-se o template disponibilizado pelo periódico, seguindo estritamente as orientações sobre número de página, espaçamento,; emprega itálico ao invés de sublinhar (exceto em endereços URL); com figuras e tabelas inseridas no  corpo do  texto.
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word ou RTF (desde que não ultrapasse os 2MB) .
  • Todos os endereços de páginas na Internet (URLs), incluídas no texto (Ex.: http://www.ibict.br) estão ativos e prontos para clicar.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em  Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  • A identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação por Pares Cega.
  • A carta assinada pelos autores foi devidamente preenchida e inserida no sistema de submissão.
  • check list referente ao tipo de artigo e às normas adotadas pela Revista Gerais foi preenchido pelos autores e inserido no sistema.
  • Os cuidados éticos foram destacados no texto do artigo.

 

Declaração de Direitos Autorais

Autores que publicam neste periódico concordam com os seguintes termos:

Política de Privacidade

a. Autores mantém os direitos autorais e concedem à periódico o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial neste periódico.

b. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada neste periódico (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial neste periódico.

c. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.

 

Normas para Citações

Abaixo são apresentados alguns exemplos de citações a fim de orientar a organização do manuscrito. As remissões bibliográficas devem ser apresentadas em ordem alfabética.

1. Citação com até dois autores: sobrenome dos autores, seguido do ano de publicação, sempre que o trabalho for mencionado. Exemplos: Lakatos e Marconi (1999) ou (Lakatos & Marconi, 1999).

2. Citação com três a cinco autores: na primeira vez em que o trabalho é citado, devem ser apresentados o sobrenome de cada autor, seguido do ano de publicação. Na segunda citação, deve constar apenas o sobrenome do primeiro autor, seguindo da expressão “et al.” (sem itálico) do ano de publicação. Exemplos: Becker, Fite, Luebbe, Stoppelbein, & Greening (2013) ou (Becker, Fite, Luebbe, Stoppelbein, & Greening, 2013) para a primeira citação e Becker et al. (2013) ou (Becker et al., 2013) a partir da segunda citação. Na lista de referências, todos os autores devem ser apresentados.

3. Citação com seis ou mais autores: apenas o sobrenome do primeiro autor, seguido da expressão “et al.” e do ano de publicação devem ser mencionados desde a primeira vez que o trabalho é citado. Exemplos: Pagès et al. (2006) ou (Pagès et al., 2006).

Observação: na lista de referências, quando a citação tem oito ou mais autores, devem ser apresentados os nomes dos seis primeiros autores, seguidos de reticências e do nome do último autor.

4. Citação literal: nos casos de citações literais com até 40 palavras, o trecho deve ser incorporado ao texto, entre aspas. Deve ser acrescentada à citação a paginação correspondente ao texto original. Acima de 40 palavras, o trecho deve formar um novo parágrafo, com recuo de 1,25cm da margem esquerda do parágrafo. Não são necessárias aspas. Da mesma forma, após a citação, deve-se acrescentar a paginação correspondente.

5.Relatos literais de entrevistas, grupos focais, depoimentos, registros de diário: o trecho deve formar um novo parágrafo, independentemente da quantidade de palavras, com recuo de 1,25cm da margem esquerda em todo o parágrafo, escrito em itálico.

6. Citação da citação: autor original seguido de ano da publicação e do autor/ano que o citou. Exemplo: Enriquez (2001, citado por Araújo & Carreteiro, 2001)

7. Citação de obra antiga re-editada em data posterior: autor (ano original/ano da edição consultada). Exemplo: Freud (1930/1974).

 

Normas para Referências

As referências deverão ser apresentadas, ao final do texto, em ordem alfabética pelo sobrenome do primeiro autor e cronologicamente para as obras do mesmo autor. Deve ser incluído o DOI de cada referência. Se o artigo não contar com DOI, deve ser informado o site em que foi acessado (“Recuperado de...”). Para referências de obras em suporte físico, não é necessário informar DOI.

1. Livros e obras completas:

Baddeley, A., Anderson, M. C., & Eyesenck, M. W. (2011).  Memória. (Solting, C., Trad.). Porto Alegre: Artmed.

Bardin, L. (1977).  Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

2. Capítulo de livro:

Locke, E. A. (1976). The nature and causes of job satisfaction. In M. P. Dunnette (Org.),  Handbook of I/O Psychology (pp. 1294-1349). Minnesota: Rand McNally.

3. Artigos em periódicos científicos: 

Malfitano, A. P. S. (2011). Juventudes e contemporaneidade: entre a autonomia e a tutela.  Etnográfica,  15(3), 523-542.


4. Artigos em periódico eletrônico:

Kalbfleisch, M. L. (2004). Functional neural anatomy of talent.  The Anatomical Record Part B: The New Anatomist ,  277(1). Recuperado de http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/ar.b.20010/pdf


5. Teses e dissertações:

Monteiro, R. A. P. (2011).  A transição para a vida adulta no contemporâneo: um estudo com jovens cariocas e quebequenses. Tese de doutorado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

6. Autoria institucional:

American Psychiatric Association (2002).  DSM IV-TR - Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Washington: Autor. 

7. Anais:

Silva, C. O., & Ramminger, T. (2013). O trabalho como operador de saúde. In  VII Congresso Latino-Americano de Estudos do Trabalho. O Trabalho no Século XXI. Mudanças, impactos e perspectivas. São Paulo, Brasil. Recuperado de http://congressoalast.com/wpcontent/uploads/2013/08/323.pdf

8. Documentos jurídicos:

Brasil, República Federativa do Brasil. (2010).  Decreto nº 7.179 de 20 de maio de 2010. Institui o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, cria o seu Comitê Gestor, e dá outras providências. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Decreto/ D7179.htm.

9. Obra antiga e re-editada em data muito posterior e traduções:

Freud, S. (1974).  O futuro de uma ilusão, o mal-estar na civilização e outros trabalhos. (José Octávio de Aguiar Abreu, Trad.). Rio de Janeiro: Imago Editora Ltda, volume XXI. (Trabalho original publicado em 1930). 

10. Artigo no prelo:

Warr, P., & Inceoglu, I. (no prelo). Job Engagement, Job Satisfaction, and Contrasting Associations with Person-Job Fit.  Journal of Occupational Health Psychology.

11. Artigo de jornal (impresso):

Ades, C. (2001, 15 de abril). Os animais também pensam: e têm consciência. Jornal da Tarde, p. 4D.

12. Artigo de jornal (eletrônico):

Mioto, R. (2010, 02 de dezembro). Psicólogo usa biologia para ajudar ricos de 30 anos que não conseguem paquerar. Folha de S. Paulo. Recuperado de http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/839342-psicologo-usa-biologia-para-ajudar-ricos-de-30-anos-que-nao-conseguem-paquerar.shtml

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial]


Avenida Maranhão, 1668 – IPUFU - Bloco 2C - Sala 39 - Bairro Umuarama
Uberlândia, MG - CEP 38405-318

contato.editoriagerais@gmail.com