SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número1Interesses Profissionais Expressos e Inventariados de Estudantes de Psicologia: Implicações para a Formação* índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Psicologia Ensino & Formação

versão On-line ISSN 2179-5800

Psicol. Ensino & Form. vol.7 no.1 São Paulo  2016

 

Editorial

DOI: 10.21826/2179-580020167134

Editorial

 

 

É com satisfação que a diretoria da ABEP, contando com o trabalho da equipe editorial da Revista Psicologia: Ensino e Formação, entrega para a comunidade mais um exemplar de sua revista. É preciso destacar que este exemplar inaugura um novo momento do periódico. Contando com o apoio do CRP06, para o qual a diretoria deseja registrar seu profundo agradecimento, a revista passou por um processo de revitalização visual e editorial cujas primeiras mudanças podem ser notadas a partir deste volume. Entre as inovações inauguradas por este volume 7, número 1, encontram-se a nova identidade visual – capa e artigos – a adoção das normas APA e atualização das orientações e a inclusão de DOI nos textos.

Em recente atualização do perfil editorial da revista, uma das novidades foi a criação da seção Homenagem a Colaboradores da ABEP. Infelizmente, esta seção é inaugurada com uma homenagem póstuma ao colega Marcus Vinicius de Oliveira, cuja contribuição para a criação e constante defesa do papel da associação foi sempre fundamental. A revista convidou Mônica Lima, Molije, também importante colaboradora da ABEP em mais de uma gestão da entidade, ex-aluna e amiga de Marcus Vinicius, a produzir um texto sobre ele. Certamente não haverá quem possa ler o texto de Molije e não encontrar nele a dor da perda, mas também o alento de, palavra a palavra, ir re-encontrando Marcus Vinicius e seu peculiar estilo formativo, participativo e desafiador nas questões da formação e atuação em Psicologia. Marcus Vinicius presente!

As demais seções deste número – Relatos de pesquisa, Relatos de Experiência e Estudos e Ensaios, apresentam colaborações valiosas para o ensino e formação em diversas modalidades e condições educativas.

O artigo de Rodolfo Augusto Matteo Ambiel e Gustavo Henrique Martins, Interesses Profissionais Expressos e Inventariados de Estudantes de Psicologia: Implicações para a Formação apresenta resultados de pesquisa realizada com alunos de curso de Psicologia. Como apontam seus autores, a pesquisa abre discussão para um importante aspecto do processo formativo em Psicologia em nível de graduação: o debate sobre as oportunidades de pensar o futuro profissional e as iniciativas intitucionais que os cursos proporcionam aos alunos para refletir sobre suas escolhas de atuação profissional futura.

Soely A. J. Polydoro e Ana Maria Alves Carneiro discutem, no artigo Integração à Vida Acadêmica entre Alunos de Curso de Educação Geral, os resultados de pesquisa que explora o processo de integração ao ensino superior, seus domínios e impactos no desempenho acadêmico de 168 estudantes do Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O artigo Estilos de Aprendizagem e Condições de Estudo de Alunos de Psicologia, de Katya Luciane de Oliveira, Angélica Polvani Trassi, Amanda Lays Monteiro Inácio e Acácia Aparecida Angeli dos Santos, analisa os estilos de aprendizagem e as condições de estudo com estudantes de Psicologia de duas universidades do estado do Paraná. Os resultados revelam que as condições de estudo dos alunos não são adequadas, resultados que fortalecem a importância da atenção ao assunto como caminho para a melhoria das condições de aprendizagem dos estudantes.

Fernanda Luzia Lopes e Gisele Soares realizaram o Estudo da Síndrome de Burnout em Estudantes de Psicologia, que teve como objetivo investigar a ocorrência desta síndrome em estudantes universitários, bem como sua associação com variáveis acadêmicas e sociodemográficas. Após discutirem os resultados encontrados, as autoras alertam sobre a importância de ações interventivas em direção à minimização de fatores estressores no cotidiano acadêmico de universitários.

Na seção Relato de Experiência temos a colaboração de Laura Cristina Eiras Coelho Soares e Fernanda Simplício Cardoso, intitulada Estudo da Psicologia na Graduação em Direito, que compartilham suas reflexões a partir da experiência de ensino de Psicologia em curso superior de Direito.

A seção Estudos e Debates traz duas contribuições interessantes, a Revisão Sistemática sobre a Produção da Paz, de autoria de Andre Amorim Martins, Cristina Silva Gontijo, Daniela Almeida Silva Brum, Cristina Alvarenga Santos, Fernanda Borges Henrique, Tânia Maria Alvarenga Alves e A criminalização das identidades trans na escola: efeitos e resistências no espaço escolar, de Flávio de Oliveira Natal-Neto, Geovani da Silva Macedo, Pedro Paulo Gastalho Bicalho.

Como o leitor pode perceber, a riqueza de dados sobre estudantes do curso superior em Psicologia foi contemplada neste número que contou também com relatos sobre estudantes de diversos cursos superiores. A relevância das contribuições também se estendeu ao ensino de Psicologia em outros cursos e o número contou também com estudos e ensaios relativos a contextos escolares.  Este número revela, com suas diversas contribuições, a importância da revista Psicologia: Ensino e Formação como necessário espaço de encontro de ideias sobre ensino e formação em Psicologia.

 

Roberta Gurgel Azzi, Editora

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons